Vaso com lâmpada LED estimula fotossíntese de plantas

Por Mariana Montenegro comentário(s)

Essa novidade é para os amantes do design funcional. Foram lançadas as luminárias Greenlantern, desenvolvidas pela NuDe (Nu Design) e desenhada por Romolo Stanco, feitas de um material orgânico experimental chamado Liquid Wood, ou madeira líquida, na tradução literal para o português.

Elas usam lâmpada LED, de baixo consumo, para iluminar o ambiente. São instaladas na parte superior da estrutura, realçando a estética colorida das peças criadas para servirem de vasos para plantas, que têm seu processo de fotossíntese estimulado pelo brilho constante da lâmpada.

O ingrediente principal encontrado na madeira líquida, material que compõe a estrutura em formato curvo, é a lignina, uma fibra muito resistente presente nas plantas e que é retirada para a produção de papéis brancos.

O resultado da mistura é facilmente maleável quando aquecido, e pode ser injetado em moldes para produzir um efeito semelhante ao plástico. A luminária acende com um toque, e possui um ligeiro aroma de madeira tostada. As cores e a textura são opções customizáveis, permitindo que os clientes façam suas próprias criações – inclusive por meio de um aplicativo para iPhone.

Posts relacionados