Motivo para ser contra carro? Fumaça causa danos cerebrais

Por Mariana Montenegro comentário(s)

Passar muito tempo no trânsito das grandes cidades não faz bem para ninguém. Além de os constantes congestionamentos privarem você de fazer outras coisas, há o estresse. Mas o pior de tudo é a poluição que os veículos emitem para a atmosfera, conhecida por causar uma série de problemas respiratórios, como asma e doenças pulmonares, especialmente em áreas muito congestionadas.

Segundo relatório detalhado divulgado pelo The Wall Street Journal, cientistas e pesquisadores agora afirmam que o escapamento dos carros pode causar sérios danos cerebrais. O estudo ainda é novo, mas já comprova que a exposição ao escapamento dos veículos pode prejudicar as células do cérebro e a capacidade de aprendizagem em pessoas de todas as idades.

Bebês de mães que ficaram expostas a maiores níveis de exaustão do tráfego têm QI mais baixo e são mais propensos a desenvolver ansiedade, depressão e distúrbios de aprendizagem do que outros bebês que não sofreram esse tipo de problema.

Alguns especialistas apontam níveis mais elevados de poluição do ar para o autismo com base em correlações em seus dados. O estudo descobriu também que pessoas que ficam presas no trânsito por mais tempo em contato principalmente com partículas de ozônio apresentam problemas de memória e raciocínio, sem falar em um nível elevado de estresse.

Os riscos de sofrer danos cerebrais acaba sendo um poderoso argumento para a busca de políticas que reduzam o congestionamento do tráfego e que conscientizem as pessoas para o uso de transporte coletivo ou alternativo, afinal de contas, é a nossa própria saúde que está em jogo.

 

Posts relacionados