Lua captará energia para abastecer a Terra inteira

Por Gilberto Junior comentário(s)

Em 1969, o homem deu o grande passo de pisar na lua e seu fascínio por ela não acabou depois dessa experiência. Diante de tantos problemas com energia, um grupo de engenheiros japoneses estuda uma maneira de tirar do espaço, especificamente da lua, a energia para abastecer o mundo inteiro.

Ou seja: os engenheiros pretendem construir painéis solares sob a superfície do único satélite natural da Terra. Esses painéis conseguiriam captar a energia diretamente do sol e, depois, irradiar para o globo por meio de microondas e lasers.  Batizado de Anel Lunar (Luna Ring), estas placas seriam dispostas lado a lado, no equador da lua, formando um “tapete” de 11 mil km de comprimento e uma largura que varia de poucos quilômetros até 400km. De acordo com o David Criswell, da Universidade de Houston, o satélite recebe mais de 13.000 terawatts de energia solar e apenas 1% desse valor seria suficiente para suprir a necessidade de nosso planeta.

O plano da empresa Shimizu Corporation é construir as tais placas com a ajuda de robôs. “Uma mudança da economia de recursos limitados para o uso ilimitado de energia limpa é o sonho de toda a humanidade. O nosso conceito de geração de energia solar lunar traduz esse sonho em realidade por meio de ideias engenhosas juntamente com tecnologias espaciais avançadas”, disse a empresa em comunicado.

“Praticamente inesgotável e não poluente, a energia solar é a melhor fonte de energia verde que traz prosperidade para a natureza, bem como as nossas vidas. Shimizu Corporation propõe o projeto para a coexistência infinita da humanidade e da Terra”, completa o texto enviado à imprensa.

Posts relacionados