Ilhas desaparecem entre a Índia e o Sri Lanka

Por Gilberto Junior comentário(s)

A mineração dos recifes de coral no Golfo de Mannar, que fica entre a Índia e o Sri Lanka, fez duas pequenas ilhas na primeira reserva de biosfera marinha do sul da Ásia afundarem para abaixo do nível do oceano. Esses pequenos pedaços de terra estavam localizados em um arquipélago de 21 ilhas. Essa região, aliás, é vista como uma das mais ricas em biodiversidade e recursos naturais marinhos, acolhendo cerca de 3,6 mil espécies de flora e fauna.

De acordo com cientistas, o desaparecimento não foi à toa. Segundo eles, pescadores exploram esses recifes ilegalmente há muitas décadas. “A falta de regulamentos antes de 2002 levou à mineração ilegal dos corais que só foi cessada com a aprovação de leis de proteção ambiental”, comentou S Balaji, chefe do serviço de proteção de florestas e vida selvagem do Estado Tamil de Nadu, à BBC.

O chefe de serviço também apontou o aquecimento global como mais um dos possíveis culpados pelo acontecido, fato que foi rebeatido por Simon Holgate, do Laboratório Oceanográfico Proudman, em Liverpool. “Creio que o aumento do nível do mar global teve pouco impacto no sumiço destas ilhas, que deve ter acontecido por outras razões, provavelmente a própria mineração dos recifes de coral”, disse Holgate. “Embora as ilhotas só estivessem entre três e cinco metros acima do nível do mar, seu afundamento mostra o perigo que outras pequenas ilhas na região enfrentam a longo prazo”, completou Balaji.

 

Posts relacionados