Você sabe como ser sustentável e manter a pose?

Por Colunista comentário(s)

Hoje em dia, ouvimos a palavra estilo por todos os lados. Mas afinal: o que é ter estilo?

Até os anos 50, a moda era uma manifestação nítida das classes sociais. Quem ditava as tendências eram os estilistas e ter estilo pessoal passava de longe pela cabeça das pessoas.

Foi nos anos 60 que houve a primeira mexida na estrutura da sociedade: os jovens foram os responsáveis saindo para as ruas e reivindicando liberdade, direito e uma moda própria.

No entanto,  as grandes mudanças de comportamento vieram mesmo no final do século passado: a globalização, a queda do muro de Berlim, o celular, a internet e os continentes se unindo em blocos…  O mundo mudou a forma de se comunicar e a individualização começou a ser valorizada. Hoje quem faz a moda é a rua.

E aí, chegamos ao ponto. Ter estilo é o reflexo de todas as nossas escolhas, o lugar aonde vamos, a forma como tratamos as pessoas — e tem que ser da mesma maneira com a moça do cafezinho e com o presidente da empresa. A nossa casa, os móveis, os filmes que assistimos, os lugares que frequentamos e como usamos nosso carro para nos locomover: tudo isso faz parte do nosso estilo e reflete a nossa identidade.

Acredito que sustentabilidade nada mais é do que um estilo de vida; são nossas escolhas.  E usamos a moda para comunicar essas escolhas.  Ter estilo é ter atitude, é ser coerente e jamais contraditório.

Pequenas atitudes vão mudar a sua vida! Use sacolas retornáveis, se preocupe com a origem da roupa que você veste, use luz natural ao invés da artificial, não desperdice água.

Tais atitudes vão ajudar a compor seu estilo e, certamente, você vai comunicar na forma de vestir. Por conseqüência, gasta-se bem menos! É o tal consumo consciente que tanto ouvimos falar por aí.

Ter estilo sustentável é pensar e agir coletivamente e acreditar que todas as nossas ações, por mais simples que sejam, influenciarão no mundo.

O que mais me encanta nas pessoas que tem um verdadeiro estilo sustentável é a capacidade de dividir, unir, colaborar e contribuir. O verbo somar deve estar sempre presente!

Daniela Arruda (arruda.dani@terra.com.br) é empresária, professora e consultora. Sua coluna sobre moda, design e comportamento é publicada às segundas-feiras.

Posts relacionados